quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Tomate Summer Cider Apricot

Esta espécie, assim com muitas outras, foi uma das novidades deste ano. Só que foi uma novidade enganadora…
Eu explico melhor: como já o havia dito num anterior artigo, eu fiz duas trocas de sementes em Outubro de 2010, e uma dessas trocas foi com um sujeito pouco escrupuloso… Pior ainda, foi que já era a segunda vez que fazia trocas com este senhor, e já havia tido problemas com as sementes na primeira troca (2009).
Bem, como era um site de troca de sementes, e desta vez foi ele que me contactou a desejar algumas das minhas espécies, eu lá acedi, mas com muitas reservas (e fiz-lhe ver isso, que pelos vistos só piorou…).
Então é assim: ele escolheu 7 espécies das minhas e eu escolhi a mesma quantidade das dele.
Recebi as tais espécies da minha escolha (julgava eu…), e mais 5 ofertas/presentes.
Eu enviei-lhe as tais espécies que me pediu; e devo dizer que algumas dessas espécies, eram das sementes que adquiri no Rare Seeds (ainda por cima…); e também lhe ofereci uma ou duas espécies (não ofereci mais porque o sujeito é um dos maiores coleccionadores de sementes, por isso ele tem de tudo: mais de duas mil espécies de tomates, mil e tal espécies só em cabaças, melões são às dezenas, etc).
Enfim, um coleccionador assim era de esperar mais rigor e confiança…
Outra coisa importante: todas as carteirinhas que recebi, continham entre 6 (a mais pequena) a 10 sementes (o máximo).
Adiante.
Esta espécie não é a maior desilusão das sementes do “artista” – há-de chegar o dia de postar o respectivo artigo.
Neste momento, peço só atenção, ao “pormenor” da mancha escura que envolve a parte superior do tomate
 Aqui está o “mesmo” tomate já maduro.
Nota-se bem uma “mancha” mais escura, aqui já um pouco afastada do pedículo.
Devo dizer que este (da mancha***) é um muito bom tomate.
Muito saboroso e até produtivo (mesmo em época atípica…).
Esqueci-me de referir que este pé *** foi cultivado na primeira fila (do lado da figueira). 
Este “artista” já foi cultivado em segunda fila (lado do limoeiro).
Agora pergunto: onde está a mancha?...
Garanto que não troquei sementes. A semente deste pé foi retirada da mesma carteirinha do pé de cima.
Se fosse só uma “anormalidade” nesta espécie, era para desconfiar de mim… pois podia ter feito alguma troca. 
Este é do mesmo pé do da imagem que antecedeu.
Está “mais para o branco”, mas é porque está verde. Já o de cima começava a “pintar” para o estado maduro. 
 Aqui está ele maduro.
É um tomate médio (mas pode chegar ao meio quilo…).
 Eis um tomate de cada pé juntos.
 O da direita é o da “mancha” circular, e da primeira fila.
O da esquerda é o da segunda fila.
Dá para perceber a diferença de cor, não dá ( e eu sou daltónico…)?!
Aqui é o da segunda fila, ou seja, o que não tem qualquer mancha.
É razoavelmente bom…
Não como o da primeira fila, mas não é de deitar fora.
Agora, o sabor terá haver com a localização (segunda fila = menos sol)?...
 E agora, qual é o verdadeiro Summer Cider Apricot?!?
A verdade é que fui pesquisar em sites franceses, e encontrei em sites diferentes os dois tomates como sendo o S.C.A!!!
Eu acho estranho…pois encontro diferenças entre os dois tomates, tanto visuais como gustativas.
Enfim…mas eu não sou nenhum coleccionador/profissional…

*************************************************************************************
 Como já mencionei em cima, esta espécie não está entre as que “me senti ultrajado”; pois esta parece mesmo ser um Summer Cider Apricot.
Agora das 7 espécies que recebi, só 3 é que eram a espécie que eu havia solicitado.
Eis as espécies da minha revolta...
Um Vorlon (tomate negro) que saiu na rifa… um coração de Boi encarnado.
Um coração de boi amarelo, mas que a rifa sorteou… um tomate reles laranja e com muita doença.
Um Marianna`s Hawaïan Pineapple (tomate multicolor) que veio premiado…com um “sarapintado” tomate amargo (para o meu paladar).
E um Dixie Golden Gigante, que é um tomate amarelo muito apreciado, mas a rifa…trouxe um tomate laranja.
Apesar de já “cobiçar”esta última espécie desde 2009, e de não a ter conseguido arranjar nem em 2009 nem em 2010, o sabor deste tomate que recebi como sendo um Dixie Golden (mas não é), desculpa pelo menos a “brincadeira enganosa”… nesta espécie, pois este tal errado Dixie Golden é super delicioso!
Mais lá para a frente mostrarei imagens destas espécies que aqui mencionei.

2 comentários:

horticasa disse...

Há que tempos que não sabia de si!
Seja bem aparecido, obrigada pela visita.
Estive a ver o seu perfil, você é demais, a musica dos vampiros do Zeca, estive a cantarola-la...
gostei muito, beijinho e vá aparecendo
Eugénia

Paixão da Horta disse...

Olá Eugénia,
Eu é que agradeço a sua dica sobre as laranjeiras!
Para 2012, e no verão, só as rego uma vez por mês. É para elas aprenderem...Ficam de castigo...
Sobre a música do Zeca Afonso: pois não podia estar mais actual, nos dias que correm...
Saudações,
António