terça-feira, 14 de agosto de 2012

Colheita de tomates


As 4 primeiras imagens pertencem á espécie Laranja Russo 117; mas deixo os comentários para as imagens mais abaixo.
26.07.2012
31.07.2012
31.07.2012
24.07.2012
 Espécie de tomate Tuxhorn.
Tuxhorn que já se come bem assim mas, podia deixar amadurecer mais uma semana – e até mais -, que só ficava a ganhar.
 Aqui na mesa há 5 Jóias de Oaxaca (à esquerda em baixao), 3 Tuxhorn (esquerda em cima), 2 Cherokee`s Purple, 1 Laranja Russo 117,  um “Saborosa Surpresa” (ao centro e à direita), e 2 T.C. Jones (em baixo direita).
“Saborosa Surpresa”, que a partir deste momento “lhe baptizo” como Tomate Manga…
Até ao momento só colhi este tomate – tenho dois pés na horta -, e sinceramente não me encantou…como no ano passado. Talvez por esta temporada ser tão húmida?...
Este é uma Jóia de Oaxaca.
Este ano e esta espécie sabe-me muito melhor assim, ou seja, logo que pinta faço a recolha, não deixo amadurecer o tempo normal. Pode parecer estranho mas, desta forma encontro imensas semelhanças com a discrição que fiz aqui em 2009.
Como é bem visível mal pintou para o amadurecimento.
Atenção que só estou a colher esta espécie neste estado, pois todas as outras deixo bem amadurecer!
 Este tomate vai dar que falar…
É um Laranja Russo 117, e no dia que a imagem foi colhida – 31 de Julho -, já se encontrava a pintar, ou seja na fase de amadurecimento.
Cá está ele de novo, agora no dia 10 de Agosto, já com tons mais “apetitosos”.
Se for seguidor deste blogue, peço a sua atenção para o seguinte: este tomate voltará a ser comentado noutro post, pois ainda está em fase de maturação na horta.
Nas imagens que se seguem já entenderá um pouco a situação!
Estes também são Laranjas Russos 117, e são os mesmos da primeira, terceira e quarta imagem da sequência deste post!
O tomate que estou a segurar é o da quarta imagem, e da seguinte que se encontra na balança.
Esta foto foi colhida no dia 10 de Agosto, ou seja, no mesmo dia que tirei a imagem antecedente. Isto para dizer que, tanto estes 3 tomates como o anterior – nascido no pé vizinho deste -, encontravam-se no mesmo estado de maturação, apesar de serem nascidos em pés distintos.
Eis o maior tomate que colherei este ano – pois não vislumbro nada no horizonte…que modifique isto -, e como já perceberam é um Laranja Russo 117.
São 696gr de puro prazer (ai a gula…); bem longe dos recordes do Rui Esteves, mas não me queixo. Venham muitos como este que eu dispenso os recordes!
Os 3 tomates foram colhidos no mesmo dia, e como se viu pela imagem que se encontra mais acima, pertencem ao mesmo galho; e perfazem um total de 1504gr.
Quanto não valeu “alimentar esta mãe” com 3 ou 4 cascas de ovos* triturados…

*(casca de ovo = cálcio)
Este é o tomate de 696gr, e que eu lhe “tratei da saúde”.
Foi um sa-cri-fí-ci-o…
Só lamento que não possa ter um igual a este, todos os dias, desde o início da primavera até ao fim do verão…
Colhi sementes deste espécimen, apesar de não ser de um fruto protegido (mais vale prevenir…).
A questão que fica no ar é a seguinte: se no dia 31 de Julho já podia ter colhido “este tomate” e não o fiz - apesar de já ter colhido alguns poucos tomates só acabados de pintar -, e retirei este 10 dias mais tarde, onde está visível todo o beneficio que colheu, e colhi, então o que será com o outro espécimen que deixei amadurecer mais dias (uma semana?...)?!?

Se me fosse dada uma certeza…que todos os tomates seriam sempre do mesmo sabor que este, havia só de cultivar esta espécie – mesmo já sendo um “viciado” em outras 5 espécies!
Deixo aqui os dados da colheita que obtive até à data de hoje - portanto isto não é definitivo, pois a temporada ainda nem a meio vai…

Jóia de Oaxaca:
Tenho 4 pés na horta, mas só colhi tomates até à data de 3 pés.
93 tomates = 10.184kg

Laranja Russo 117:
Colheita em 2 pés.
20 tomates = 4.923kg

Tuxhorn:
Dois pés na horta, mas só colhi tomates num pé.
16 tomates = 3.735kg

Cherokee Purple:
Colheita em 3 pés.
12 tomates = 2.954kg

T.C. Jones.
Colheita em 2 pés.
8 tomates = 2.275kg

Black Aisberg:
Colheita em 1 pé.
11 tomates = 2.865kg

Hawaïan Pineapple:
Colheita em 1 pé, mas são dois pés na horta.
3 tomates = 946gr

Marianna`s Peace:
Dois pés na horta, mas colheita só num por agora.
2 tomates = 1.043kg

Tomate “Manga”
São 2 pés, mas colheita só feita em 1.
1 tomate = 317gr

Black Cherry:
Colheita em 1 pé.
15 tomates = 258gr

Coração de Boi (rosa/vermelho)
Cultivei 1 pé, mas arranquei-o no dia 13 de Agosto com quase 2 metros de altura, pois apesar de ter sido colocado na horta em finais de Maio, não tinha ainda nascido um (1) único tomate!
As flores abortaram todas.

Total : 29.5 kg de tomates colhidas até à data (bem longe das contas finais de 2010. É verdade que também cultivo menos 13 pés do que cultivei nessa altura).






7 comentários:

Nita disse...

Adoro estes tomates carnudinhos...

João Gomes disse...

Viva António,
Belos exemplares, gostei bastante de conhecer o laranja russo 117, fiquei fã, quer pelo que vi quer pela sua descrição, lembre-se de mim se houver umas sementitas, se faz o favor.
Quanto à quantificação das colheitas, um dia, quando for grande, hei-de chegar lá (eheheheh), parece-me que a sua colheita foi bem boa, apesar de este não ser um bom ano para o tomate.
Um abraço.

João

Tubaral disse...

Cá maravilha António!! Estarás protegido com antioxidantes para muitos anos!!!! :)
Um abraço amigo!

Paixão da Horta disse...

Viva João!

De todos os sacos de organza que coloquei para obter sementes puras, ainda não colhi um único tomate pois estão atrasados; no entanto colhi sementes deste Laranja Russo 117, que se vê no final do post.
Devo ter colhido umas 60 sementes daquele tomate, portanto são 15 para mim, 15 para o Rui, 15 para uma pessoa aqui da terra a quem prometi sementes, e 15 sementes para si. Conclusão: não me esqueci da promessa que havia feito; e será "sem favor", pois eu também continuo interessado em sementes daquelas duas espécies que já o mencionei aqui à uns tempos.
Efectivamente, 2012 não é um bom ano hortícola - em termos de tomates, melões/meloas, melancias e pepinos! Temporada muito instável, com temperaturas/meteorologia aquém das expectativas...
Saudações,
António

Paixão da Horta disse...

Januário,
Vou aproveitar a "deixa", e dizer o que me vai na alma (atenção que este comentário é uma mensagem/desabafo caseiro, ou seja, para visitantes da horta que me conhecem pessoalmente, e que cá espreitam - mas com segundas intenções):

Eu queria era estar protegido contra os caluniadores e serpentes venenosas, que conseguem ver e apontar todos os meus defeitos, mas quando se trata de verem os próprios defeitos, a cegueira é tanta que não os descortinam.
(...)

Volto a relembrar que isto não te é dirigido - aproveitei apenas deixa!
Abraço,
António


Rosarinho disse...

Nunca pensei dizer isto aqui em bom som "Que grandes tomates António!"

Essa colheita foi mesmo surpreendentte.

Abraços

Rosário

Teotonio Martiins disse...

Paixão da Horta os meus parabéns pela sua magnifica horta gostaria de saber se me pode ajudar e que queria compra sementes de tomates poderá me dizer qual o melhor site obrigado